Grupioni

QUALIDADE E SOLIDEZ

(16) 3951-9230

Notícias

USINA DE SOLO CCV-CCR | BGTC DE 300 A 600 TON/HORA

Usina de Solo CCV-CCR | BGTC de 300 a 600 TON/Hora

A usina para produção de solos, CCR, BGTC, BGS é um sistema onde os agregados, conforme o previsto no
projeto, são dosados através de silos dosadores controlados por comportas reguláveis e correias dosadoras
controladas eletronicamente, bem como, água, cimento e aditivo, são controlados pelo sistema de pesagem
MX-5000, de alta precisão e facilidade de operação. O sistema de controle do processo desta proposta é do tipo
pesagem individual através de uma célula de carga instalada na correia de cada dosador, controlando o fluxo de
agregados eletronicamente através de processador digital, que por sua vez são controlados por microcomputador,
comandando automaticamente a injeção de cimento/cal, água e de aditivo no misturadorde agregados.
Pré-silo na saída do misturador. Comando a distância ao lado do misturador, trabalhando em série com cabine de
comando.
A usina de solos é construída sobre chassi modular em perfil “U” de 6” com 4 dosadores de agregados com boca
de 2.400 X 3.300 mm, com comportas reguladoras de vazão destes, onde os agregados serão transportados por
correia extratora que lançará os agregados no misturador, tipo pug-mill com 3.000 mm de comprimento e 1.300mm
de largura em chapa 6,35 mm de espessura, acionado por dois motoredutores de 60 CV em cada eixo para produção
de até 600ton/h, com sistema de proteção anti desgaste através de proteção natural do próprio agregado que forma
uma camada de material no fundo e nas paredes do misturador, evitando a utilização de material de desgaste,
diminuindo custos de produção.

DOSADOR DE AGREGADOS
04 ESTEIRAS DOSIFICADORAS 30” X 1.300 MM
CORREIA TRANSPORTADORA HORIZONTAL 36” X 13.500 MM
CORREIA ALIMENTADORA DO MISTURADOR PUG-MILL 36” X 13.880 MM
SISTEMA DE MISTURA PUG-MILL
SISTEMA DE COMANDO-CABINE
SISTEMA DE DOSAGEM DE ÁGUA E ADITIVO
BOMBA HELICOIDAL
SISTEMA DE DOSAGEM DE CIMENTO

usina-de-solo-a

Postado por: / Centrais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *